Alemanha, França e EUA concordam em reduzir dívida do Iraque

01-01-2009 14:18

         BERLIM (Reuters) - Um porta-voz do governo alemão disse na terça-feira que Alemanha, França e Estados Unidos concordaram em oferecer uma redução significativa na dívida do Iraque para ajudar na reconstrução do país.

        "Alemanha e Estados Unidos concordaram que uma solução para a questão da dívida é essencial para a reconstrução do Iraque", disse o porta-voz do governo Bela Anda, em um comunicado divulgado logo depois de negociações entre o chanceler da Alemanha, Gerhard Schroeder, e o enviado especial dos Estados Unidos, James Baker.

        "Alemanha e Estados Unidos estão -- como a França -- prontos não apenas para reestruturar a dívida, mas também para perdoar uma parte substancial", afirmou Anda, acrescentando que detalhes devem ser discutidos no Clube de Paris, das nações credoras.

        Um outro porta-voz do governo alemão informou que Estados Unidos e Alemanha continuarão conversando para discutir a decisão de Washington de vetar a participação de países como França, Alemanha e Rússia, que se opuseram à guerra liderada pelos EUA, nos contratos de reconstrução do Iraque de 18,6 bilhões de dólares.

        Baker está em viagem pela Europa tentando obter apoio para aliviar a dívida iraquiana e reduzir a polêmica internacional sobre os contratos de reconstrução do Iraque.

 

Informações: UOL Noticias

Voltar

Procurar no site

© 2008 Todos os direitos reservados.